Telefone
(18) 3221-3777

Atendimento
8:30 às 18:00

Notícias

8 truques para evitar ficar doente depois de viajar de avião

Por: - 04-04-2018 00:00:00


Todo mundo que viaja de avião com uma certa frequência já acabou ficando gripado uma (ou muitas vezes) depois de chegar de uma viagem.

E, por mais que a gente possa culpar o cansaço, a falta de sono adequada ou o jet lag, o fato é que, em boa parte das vezes, acabamos contaminados dentro da cabine do avião, seja por um vizinho de poltrona que está doente, por um dos comissários de bordo ou mesmo pelo ar viciado que respiramos.

De acordo com um estudo publicado pela PNAS, a publicação oficial da Academia Nacional de Ciências dos Estados Unidos, e divulgado na semana passada, a chance de se contrair uma doença no avião se você estiver sentado a uma fileira de distância ou a duas poltronas de alguém infectado aumenta em 80%. Para os demais passageiros, este risco caiu para apenas 3%.

Os pesquisadores estudaram meticulosamente os dados recolhidos de passageiros de dez voos transcontinentais para o estudo e levaram em consideração doenças respiratórias comuns, como SARS (síndrome respiratória aguda grave) e gripes, que são transmitidas por gotículas que ficam no ar ou em superfícies.

Outro dado que chamou a atenção na pesquisa foi a quantidade de passageiros que podem ser infectados caso algum comissário de bordo esteja doente: 4,6 por voo.

O estudo concluiu que, caso um voo decole com um passageiro doente, a probabilidade de quase dois estarem infectados ao fim da viagem é grande.

A boa notícia é que, na pesquisa, amostras recolhidas nas bandejas e nos cintos de segurança dos voos pesquisados, não mostraram traços de vírus, o que indica que o contagio maior seja mesmo através do ar, por espirros ou tosse.

Mas se você quiser evitar ficar doente da próxima vez que viajar, aqui vão alguns truques que podem te ajudar a prevenir o incômodo, seja para não ficar de cama durante sua viagem ou quando voltar para casa…

1. Não desvie o vento da sua poltrona

Se você é como eu e sempre passa mal de tanto frio no avião deve estar acostumado a sentar em sua poltrona e a primeira coisa a fazer é ter certeza que a saída de ventilação acima está fechada. Pois se seu objetivo é ficar o mais longe possível de germes e bactérias que circulam pelo avião pode começar a mudar seus hábitos. O ideal é deixar aquela saída de ventilação sempre aberta (nem precisa ser toda aberta) para garantir que o ar mais fresco e filtrado chegue até você. Da próxima vez que for viajar, ao invés de fechar a tal saída, coloque um casaco a mais e deixe o ar circular livremente.

 

2. Não durma apoiado na janela

Esta é simples. Basta pensar que se você teve a ideia de se deitar na janela do avião para dar aquela soneca, muitas outras pessoas que já sentaram naquele mesmo lugar devem ter feito a mesma coisa. Apesar de serem limpos entre um voo e outro, nem sempre os funcionários das empresas aéreas têm tempo suficiente para fazer uma faxina daquelas que fazemos em casa de tempos em tempos. Na maioria das vezes eles fazem a limpeza do básico e muita coisa permanece suja entre os voos. Ou seja, quanto menor seu contato com estas partes da aeronave, melhor.

 

3. Troque de lugar se tiver alguém doente perto

Como revelou a pesquisa que falei no início do post, sua chance de ficar doente se alguém próximo a você no avião estiver doente aumenta para 80%. Ou seja, se você perceber alguém tossindo demais, espirrando ou com algum outro sintoma, peça gentilmente a um dos comissários de bordo para trocar de lugar. Nem sempre será possível, claro. E evite falar na frente da pessoa para não constrange-la. Mas, como diz o ditado, cautela e caldo de galinha não fazem mal a ninguém.


LER MAIS...